O taradão por manequins de Araraquara



camera-seguranca-cftv-loja-manequim-araraquara

Um fato curioso assombra as madrugadas de Araraquara, interior de São Paulo. Quase todos os dias, um homem passeia pela Alameda Paulista, um dos principais corredores comerciais da cidade, à procura da sua vítima da noite.

Mas o que torna esse caso bizarro, é que a vítima em questão não é humano, nem mesmo um animal. O alvo do rapaz é uma manequim de loja.

Após escolher a “gata” da noite, ele, sem qualquer timidez, baixa suas calças e presta ali mesmo, em frente à vitrine da loja, sua “homenagem” à manequim de corpo violão. Sim amigos! Ele descabela o palhaço, esfola o periquito, estrangula o sabiá, descasca a banana… ou qualquer outra gíria que prefira usar para masturbação.

O ato já foi flagrado várias e várias vezes pelo circuito de vigilância de uma loja, mas o homem ainda permanece anônimo. A polícia militar está fazendo rondas pela madrugada para localizar o taradão das manequins. O Artigo 233 do Código Penal Brasileiro tipifica os casos de Ato Obsceno em locais públicos, que podem resultar em multa ou até mesmo cadeia de 3 meses a 1 ano.


Deixe o seu comentário:

Pitacos